porque reler bons livros

Por que reler bons livros mais de uma vez

Quando eu comecei o meu desafio de ler 100 livros em um ano eu pensei que ia ler apenas livros que nunca tinha lido antes. Rapidamente eu aprendi que esse é um erro que eu não poderia cometer.

Conhecer e ler novos livros é excelente, mas reler bons livros é uma experiência que pode mudar radicalmente a sua percepção sobre um grande número de coisas.

Se você ainda acha que não vale a pena reler obras que gostou, ou está no meio de uma releitura e não tem certeza de por que está fazendo isso, esse artigo vai te ajudar a entender por que você deve reler bons livros mais de uma vez.

Se você é um leitor ávido e tem uma série de livros preferidos, vou te mostrar por que você deve relê-los em um futuro próximo. Acompanhe!

A cada releitura você tem uma nova experiência

Eu releio Meditações, de Marco Aurélio, todo ano. Cada vez que eu o leio, me parece um livro diferente. O conteúdo da obra é o mesmo, mas a experiência pela qual eu passo ao fazer essa releitura é completamente diferente.

Como eu não sou a mesma pessoa, a minha percepção das ideias do livro é diferente cada vez. Estou relendo Os Irmãos Karamazov pela terceira vez e tenho a mesma sensação.

Há 12 meses eu tinha outros objetivos, problemas e desafios. Hoje, eu faço essa releitura encarando um futuro completamente diferente, e isso influencia minha interpretação do livro.

Você vai se lembrar de boas ideias das quais havia se esquecido

A quantidade de boas ideias que deixamos passar diariamente é incrível. Para ideias e pensamentos eu carrego um pequeno caderno sempre comigo, mas para ensinamentos vindos de livros, não é tão fácil assim.

E não é porque você leu sem atenção. Aquele conteúdo ainda não se fixou em você, seja porque você não consultou as ideias daquele livro por muitos anos, ou por estar em um momento diferente na sua vida.

A releitura vai te lembrar de boas ideias das quais você tinha se esquecido, e esse conhecimento é valioso.

Você vai notar boas ideias que não viu na primeira leitura

A nova perspectiva que adotamos em uma releitura é um dos aspectos que eu mais gosto. Vamos entrar em uma experiência completamente nova, relembrar ideias esquecidas e notar novas que passaram despercebidas da primeira vez.

Todo conteúdo precisa de tempo para apresentar todas as suas ideias. A sua atenção pode não ser a ideal durante a primeira leitura, ou você não estava preparado para absorver aquele ponto de vista. Revisitar uma obra permite que você seja inspirado pelo mesmo conteúdo de maneiras diferentes, e isso é realmente muito bom.

A história vai ganhar uma nova perspectiva

Você provavelmente já percebeu que a releitura é muito interessante porque somos pessoas completamente diferentes entre as leituras. Eu acredito que nossas experiências influenciam fortemente no sentido que damos às histórias.

Ao reler uma obra, ela vai ganhar uma nova perspectiva. Sua abordagem sobre a mensagem do livro será outra e você vai ganhar muito com isso. Um aprendizado que parecia bobo em um primeiro momento, pode ganhar grande importância. Da mesma forma, uma ideia incrivelmente relevante durante a primeira leitura pode perder seu apelo.

A cada releitura você se torna mais parte do livro

O investidor e filantropo Charlie Munger é o autor de uma frase que eu gosto bastante: “Re-reading is probably more important than reading. Seek to cognitively *own* a great book rather than just *reading* it”.

A releitura te transforma cada vez mais em parte da história. Os ensinamentos de bons livros passam a fazer parte da sua personalidade, decisões e até do seu raciocínio. Ao invés de apenas ler livros, você transforma esse conhecimento em uma parte integral da sua personalidade, e isso é incrível.

Reler vai te ajudar a escrever melhor…

Ao ler uma nova obra pela primeira vez, você ficará focado no conteúdo apresentado no livro, nas frases e palavras, seja em literatura ou em um livro de não ficção. E isso é algo completamente normal.

Mas as grandes obras se destacam não apenas pela narrativa em si, mas também pela forma em que o conteúdo é apresentado: como a mensagem é passada para o leitor e com que intuito?

Prestar atenção nas palavras escolhidas por seus autores favoritos vai te ajudar a entender o que faz uma obra ser muito mais que apenas texto. Estudar cuidadosamente as escolhas dos grandes mestres te ajuda a melhorar o seu próprio estilo de escrita. Não é à toa que grandes escritores batem na tecla de que para escrever melhor é preciso ler mais.

Um grande exemplo disso é Benjamin Franklin: enquanto ainda era aprendiz em uma gráfica, ele tinha o hábito de reler cuidadosamente os textos dos seus autores favoritos e dissecar como era feita a escolha de palavras e a construção de frases.

…e vai te ajudar a pensar melhor também!

Uma vez absorvido o conteúdo, além de estudar a forma, você também pode estudar a “arquitetura”, ou seja, como as ideias apresentadas na obra são estruturadas. Entender essa lógica te permitirá entrar na mente dos grandes mestres e aprofundar o seu aprendizado.

Para poder entender essa arquitetura você precisa separar as ideias em blocos (isso inclui arcos narrativos e temas) e entender como elas se relacionam entre si. Questione-se sobre o motivo por trás da ordem em que as ideias são apresentadas e tente reordenar o conteúdo.

Você vai perceber que o sentido de um parágrafo pode ser totalmente alterado mudando poucas frases de lugar. Essa é uma ferramenta muito valiosa para melhorar a sua escrita e raciocínio.

Além de analisar a “arquitetura”, você também pode usar a obra como insumo para desenvolver o seu pensamento crítico. Depois de absorver o conteúdo você tem a chance de voltar no texto e elaborar críticas para as ideias propostas. Tente ser uma espécie de advogado do diabo em sua segunda leitura e questione todas as ideias propostas no texto como se estivesse debatendo-as com alguém.

Conclusão

A releitura de um bom livro pode ser ainda mais importante do que ler um novo livro. Toda obra tem ideias e conhecimento para uma vida inteira, e é impossível absorver tudo isso de uma só vez.

Penso que quem deseja ler mais deve começar revisitando obras que realmente gosta e absorver mais do conhecimento que ainda está lá. Você vai rever aquele livro em um momento diferente da sua vida e esse aspecto é muito valioso para aprender mais. Pense nisso!

Gostou do texto? Para acompanhar minhas publicações, inscreva-se na minha lista de emails!

Livros Recomendados

Receba um email mensal com recomendação dos melhores livros que li.


Não vamos te enviar spam Powered by ConvertKit

Edmar Ferreira é Co-Fundador e CEO da Rock Content, líder em Marketing de Conteúdo no Brasil, e é membro ativo do SanPedroValley, comunidade auto-gerenciada de startups de Belo Horizonte.

Site Footer